SM lança “Shinin'” e “Poet | Artist”, single e álbum póstumos do Jonghyun

Com um pouco mais de um mês após a morte do Jonghyun, a SM acaba de soltar o single Shinin’ e o LP Poet | Artist, último trabalho dele que já estava preparado antes de todo o ocorrido.

Confiram:

Continue lendo “SM lança “Shinin’” e “Poet | Artist”, single e álbum póstumos do Jonghyun”

Anúncios

Quase ninguém prestou atenção, mas essa “Diamond Girl”, do MXM, é realmente boa

E aí que, semanas atrás, um duo de moleques que participaram do Produce 101 (?) e que debutarão num boygroup chamado Brand New Boys (??) em breve (???) soltaram um Pop/Funk bem gostosinho, mas que quase ninguém prestou atenção.

Confiram Diamond Girl, dos MXM

Continue lendo “Quase ninguém prestou atenção, mas essa “Diamond Girl”, do MXM, é realmente boa”

ALBUM REVIEW | 7SENSES – Seven Sen7es (2017)

Nota: isso aqui era para ter sido postado ano passado, mas eu esqueci. rsrs

O AKB48, com seus desdobramentos, deve ser, de longe, um dos piores cânceres da música Pop oriental na atualidade. E nem vou entrar no mérito daquilo de ser um grupo rotativo pensado e feito única e exclusivamente para lucrar, pois, né, eu ouço K-Pop e é exatamente isso que eles fazem no mercado sul-coreano. O meu problema com os grupos 48 é a total falta de pulso e profissionalismo de seus produtores na hora de compor as canções que serão trabalhadas pelas meninas, dando-me a impressão de que todas as faixas delas são uma massa amorfa, aguda, histriônica e desafinada.

Esse cenário começou a mudar ano retrasado em dois fronts: no Japão mesmo, com o NMB48 “crescendo” e soltando um dos melhores singles de 2016, e na China, com o SNH48 dando um golpe de estado e declarando que suas atividades são independentes às dos grupos originais – automaticamente conquistando o meu respeito apenas pela audácia de falar isso e requentar ainda outra música do AKB meses depois.

De qualquer forma, é nítido que o braço chinês das 48 tem trabalhado um pouco para ter brilho próprio dentro dessa patotinha. E o melhor esforço nisso resultou na criação de uma unit swag com 7 garotas entregando girl crush capopeiro em mandarim em um dos debuts mais divertidos de 2017.

Enfim, com alguns meses de atraso, confiram os meus dois centavos sobre o mini-álbum Seven Sen7es, do 7SENSES

Continue lendo “ALBUM REVIEW | 7SENSES – Seven Sen7es (2017)”

Lembram quando o GOT7 ainda era um grupo teen super legal em “A”? (2014)

E aí que, naquele formulário que disponibilizei no fim do ano passado, algumas das sugestões que vocês mandaram incluíam dar uma fortalecida nos posts onde eu relembro lançamentos antigos.

Eu tenho a Throwback Playlist, com um apanhado ano a ano da década passada, e o Baú de OSTs, retomando uns temas de animes, filmes etc. que sempre são válidos de relembrar. Estava faltando algo mais popão, né? Então, semanalmente eu tentarei comentar umas faixas não-tão-velhas-mas-velhas-para-9nhos por aqui que eu já não tenha falado nesse blog.

Começando agora pela maravilhosa A, do GOT7…

A porra da thumb não aparece, mas o vídeo tá no ar, gente, podem clicar…

Continue lendo “Lembram quando o GOT7 ainda era um grupo teen super legal em “A”? (2014)”

Jimin gasta o meme do “Hey” com outra música pra vender roupa

(…)

Bom, como eu já disse, os últimos tempos têm sido bem generosos para fãs de solistas no K-Pop. Várias delas retornaram com números milimetricamente montados para agradar essa fatia de público carente de trecos legais para rebolar a bunda e blá blá blá.

Dito isso, a Jimin tá aí de volta com Hey. Confiram…

Continue lendo “Jimin gasta o meme do “Hey” com outra música pra vender roupa”