Triple H está de volta com “Retro Future”, naquele limbo safado entre 80s e 90s ♥

Ano passado, a Cube resolveu debutar a HyunA décima nona vez, agora com dois moleques do Pentagon num trio intitulado Triple H (pois o nome deles começa com H e pá). A atitude foi contestada por uma porção de gente, acusando a gravadora de tentar recriar aquela magia jovem, rebelde e ligeiramente suja do Trouble Maker, duo que a ex-4MINUTE protagonizava com aquele ex-Beast que eu não me lembro o nome. E quando 365 Fresh saiu, huh, isso se confirmou.

Mas não é como se eu realmente ligasse para esses pormenores da indústria coreana. O Triple H, de fato, foi um novo Trouble Maker com metade do elenco. No entanto, o que eles entregaram em som e vídeo foi tão satisfatório, divertido, recheado de camadas e interessante de ouvir, assistir e falar sobre que acabou me conquistando de cara e se tornando um dos melhores capopes de 2017.

Então, quando anunciaram um comeback para hoje, eu mal me preocupei, pois já tinha quase certeza de que, novamente, estaria diante de um highlight que se tornaria um vício eventual. E aí, Retro Future saiu e…

Continue lendo “Triple H está de volta com “Retro Future”, naquele limbo safado entre 80s e 90s ♥”

Anúncios

Elris lança performance video de “Focus”

Vocês viram a minha reação desanimada quanto ao comeback do Elris no final do mês passado, certo?

Então, agora, assistam ao vídeo que a Hânus Hunus Entertainment soltou ontem (15) com as gatinhas dançando Focus, a melhor do mais recente mini delas, e fitem o quão legal esse grupo poderia ser caso tomasse um rumo mais parecido com esse em vez do white aegyo habitual:

Continue lendo “Elris lança performance video de “Focus””

ALBUM REVIEW | Utada Hikaru – Hatsukoi (2018)

Anteontem (11), fui ao cinema com alguns amigos assistir atrasado ao segundo filme de “Os Incríveis”. Antes da sessão, conversávamos sobre alguns dos lançamentos recentes e um dos colegas confessou não ter se animado para conferir “Homem-Formiga e a Vespa”, que havia entrado em cartaz na semana anterior. Motivos não faltavam, mas acho que posso selecionar o principal: Saturação. Ou melhor, “saturação”. Explicarei.

O público de conteúdo Pop, que vai do cinemão até séries, música, quadrinhos etc., é, na falta de uma definição melhor, “eternamente insatisfeito”. Acho que sou assim e acho que todos vocês aí lendo também são. O segundo longa do Formigozo é o terceiro de uma ótima safra de produções dos estúdios Marvel esse ano. Quarto, se contarmos com “Deadpool 2”, da Fox. Todos diferentes entre si, mas equiparáveis em excelência.

No entanto, filmes de herói, ao momento, são comuns. Mal criam expectativas. Essa fatia se junta à outras franquias no “cinema de evento”, criando uma falsa sensação de saturação. Não é a toa que aquele meu amigo estava dando de ombros para o filme da Vespa, não é a toa que vários comentários beirando ao negativo surgem toda vez que um desses filmes, ainda que ótimos, são lançados, não é a toa que é regra a todos que querem pagar de cultos desdenhar de algo legal apenas por sua popularidade (as temporadas mais recentes de “Stranger Things” e “Black Mirror” entram na roda).

E o que isso tem a ver com uma resenha de álbum da Utada Hikaru? Vamos lá…

Continue lendo “ALBUM REVIEW | Utada Hikaru – Hatsukoi (2018)”

(G)I-DLE faz cover de “Fake Love”, do BTS, no M COUNTDOWN in Taipei (+ outras performances)

E a Mnet resolveu liberar em seu canal no YouTube algumas apresentações de acts que rolaram no M COUNTDOWN in Taipei, em Taiwan. Dentre elas, essa aqui com um cover do (G)I-DLE para Fake Love, do BTS.

Confiram…

Continue lendo “(G)I-DLE faz cover de “Fake Love”, do BTS, no M COUNTDOWN in Taipei (+ outras performances)”