Dreamcatcher continua ótimo em “You And I” (+ “Distortion”, do BABYMETAL)

Dreamcatcher foi uma das melhores novidades do ano passado, fazendo trio com o CLC e com o Loona na lista de rookies a se prestar atenção. A mistura de Pop com metal montada por elas é maravilhosa, levando à tal sonoridade uma acessibilidade bem interessante e divertida de ser acompanhada.

Chase Me acabou se tornando o meu K-Pop de girlgroup favorito do ano passado, com Good NightFly High atingindo um nível quase igual de excelência ao adicionarem ainda outros elementos ao que já havia dado certo no debut.

No entanto, será que há um limite para a quantidade de vezes que essa fórmula pode ser utilizada? Vamos conferir agora em You And I:

Bom, provavelmente, existe sim um limite, mas elas ainda não o atingiram aqui não. O cuidado dos produtores por trás do Dreamcatcher em sempre inserirem diferenciações  a cada release é bem efetivo. Por mais que tudo delas soe, numa definição limitada, “pesado”, nenhum lead single delas é igual.

Enquanto “Chase Me” apostava na força do instrumental com um refrão bem bubblegum, “Good Night” ampliou as variações sônicas, permitindo um destaque maior aos versos de rap. Já “Fly High” adicionou ao Rock um plano de fundo sinfônico levado por uma orquestra, resultando em algo parecido com o que fazem no Japão em termos de trilhas sonoras para animes.

Em “You And I”, o lance foi juntar à essa mistura anterior partes eletrônicas mais evidentes, principalmente no início, deixando o rockzão brilhar mesmo no refrão e na bridge. Isso tudo numa pegada bem mais melancólica, misteriosa, teatral e emotiva que o mostrado na trinca anterior de singles.

E, ó, o resultado é bastante satisfatório, fechando com chave de ouro toda essa primeira era do grupo. Uma pena não ter rolado um full album com tudinho feito nesses último meses. Sinto falta aqui daquele hábito japonês de encerrar um ciclo compilando o repertório apresentado num LP temático. Mas esse sou eu sendo chato e procurando defeitos onde não existem.

O mini “Escape the ERA” está bem on point, com todas as tracks divertindo bastante e acertando no que estão apostando. “Mayday” é a que mais me agradou.

Fico feliz por o K-Pop ser um cenário bem variado, me permitindo curtir diferentes propostas sonoras e conceituais. Nisso, o Dreamcatcher ocupa um lugar que, até então, é só seu por lá. Rainhas.

Aproveitando a temática, Distortion, novo single do BABYMETAL, também está excelente. Sei que rola uma implicância com elas por parte do jotapopeiro médio, mas não se atenham a besteiras. Se vocês curtiram o do Dreamcatcher, a delicia acima fica só uns dois passos além em peso.

Anúncios

8 comentários em “Dreamcatcher continua ótimo em “You And I” (+ “Distortion”, do BABYMETAL)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s