PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de junho

E… Se foi o primeiro semestre de 2018. Não sei vocês, mas estou chocado com o quão rápido passou. E chocado também com o quanto de coisa ÓTIMA saiu de janeiro pra cá, mas disso eu falarei lá no finalzinho. Agora, foquemos em junho, esse mês ligeiramente decepcionante para o K-Pop, mas deliciosamente positivo para o J-Pop.

As últimas semanas foram bem generosas para a terra do sol nascente como cenário musical, com vários singles, LPs e EPs de atos grandes. Airi Suzuki debutando com o álbum que a Dream Ami deveria ter lançado, Utada com ainda outra gema para seu repertório, Fairies compilando a era inteira num CD, Momoiro Clover Z com um best hits duplo cheio de pérolas que valem ser redescobertas, Kato Milliyah com seu melhor esforço em anos. Nem sei qual o meu favorito.

Mas, infelizmente, boa parte disso aí não deu as caras no Spotify – ao menos, não com audição liberada aqui pro Brasil. Então, de maneira hilária, o K-Pop ainda é maioria na tracklist abaixo, mas só os melhores entre os melhores dos melhores e por aí vai.

Então, confiram abaixo a lista comentada, mais um clichê de blogs fundo de quintal que, tristemente, apenas eu devo fazer daqui pra frente, já que o Asian Mixtape desapareceu sem deixar rastros e o Japonesque Divas nunca voltou do hiato de Abril. =/

Anigif

01) YUBIN – LADY: Não sei o que me surpreende mais, se é a Yubin conseguir um debut solo ou o mesmo ser o mais idol de uma Wonder Girl em todos os tempos. Não é como se eu estivesse reclamando, muito pelo contrário. Num ano em que o ocidente descobriu a existência de “Plastic Love”, da Mariya Takeuchi, é legal ter outro modelo saindo dessa mesma forma maravilhosa.

02) ADOY, GEORGE – BLANC: Nossa, essa aqui é tão boa também. Na real, o mini inteiro do ADOY (???) está espetacular, com várias variantes oitentistas quase igualmente curtíveis. “Blanc” é a melhor em todas, sendo a conversão de alegria em áudio por 3 minutos.

03) TOKYO GIRLS’ STYLE – KISS WA AGENAI: Falando em alegria sonorizada, esse single novo do Tokyo Girls’ Style tá bem nessa definição. Mal posso esperar por um LP completinho dessa nova fase do grupo, que mescla coerentemente as sonoridades idol que elas fizeram por anos com um refinamento “artístico” maior.

04) MOMOLAND – VERYVERY: Mais um pirulito cintilante retrô para esse começo de lista, com as anjas Momoland evocando Michael Jackson na melhor album track presente em seu mais recente EP. Bem que poderiam ter aproveitado algum dos cenários de “BAAM” pra filmar um MV low-buget alternativo em paralelo com o single.

05) MOODOID, WEDNESDAY CAMPANELLA – LANGAGE: Okay, isso aqui não é ~oficialmente~ um J-Pop, visto ser uma participação do Wednesday Campanella no álbum de um grupo francês, mas quem liga para tecnicalidades, não? Ainda mais quando estamos diante de uma releitura do que o Depeche Mode costumava fazer décadas atrás tão competente assim.

06) SHIGGY JR. – DO YOU REMEMBER: Eu adoro o fato de a voz hilária da vocalista do Shiggy Jr. ser tão diametralmente oposta à elegância e seriedade desse instrumental funkeado. Eleva tudo prum patamar indiscutível de qualidade. Que música boa, puta merda…

07) NEONPUNCH – MOONLIGHT: Esse aqui é o single de debut do NeonPunch, grupo que uma das integrantes estava entre as finalistas daquele survival show da YG Entertainment que eu já esqueci o nome. E, uou, é assim que se faz um debut, gatas! Ótimo pancadão disco-diva-dance, recheado de momentos de puro êxtase. A mudança de chave final é matadora.

08) SHIGGY JR. – SUN IS COMING UP: Ainda outra do mini do Shiggy Jr., mas dessa fez puxando mais pro disco, mas sem farofar tanto quanto as nugus acima. O resultado é diferente, mas tão empolgante quanto. E boa sorte para vocês tentando tirar o refrão sing-along da cabeça.

09) TAEYEON – SOMETHING NEW: Seria “Something New” o melhor solo da Taeyeon em todos os tempos? Ainda não parei para raciocinar sobre isso. Instrumental implacável, interpretação vocal gostosíssima, videoclipe incrível. Futura candidata fortíssima a SOTY.

10) 015B, YOURA – MY HAIR IS GREEN: Sei lá o que é um 015B e quem é essa Youra, mas descobri essa gema num post dum blog gringo dias atrás e estou apaixonado desde então. Uma pena usarem essas referências surf music tão pouco no K-Pop, quase sempre funcionam tão bem com vocais femininos.

11) WASUTA – TAPIOCA MILK TEA: Já estão viciados nessa merda tanto quanto eu? Espero que sim, hein! “Tapioca Milk Tea” é um ótimo exemplar do quão bizarro (e divertido) o cenário musical Pop nipônico pode ser. Tudo muito estupido, mas tão bem feito. E que refrão legal, empolgante, contagiante. Estou secretamente torcendo para a pirralha que beija sapos do Loona, caso ganhe um comeback solo, venha com algo parecido.

12) MINSEO – IS WHO: Acabei não fazendo post solo para essa delicinha aqui, pois sou preguiçoso, mas bem que valia a pena. What a bop! O tipo de treco Jazzy que IU ou Gain soltariam entre 2009 e 2012 e pegaria #1 na Gaon, vendendo milhões de cópias, se tornando um clássico coreano. Uma das melhores desse mês. WTF o solo de violino.

13) DAY6 – SHOOT ME: DAY6 reis do K-Rock voltando pra casa com sua melhor title desde janeiro do ano passado. Quase consigo visualizar alguém colocando isso num AMV com Naruto e Sasuke saindo na porrada na cachoeira. Otacos, façam isso acontecer!

14) THE PINBALLS – IMPERFECT WOODS: Esse single do The Pinballs acabou me passando despercebido à época do lançamento, mas antes tarde do que nunca, né? Das três faixas presentes, “Imperfect Woods” foi a que mais me atingiu. Bastante emotiva e 2000s, do jeito que eu curtia quando era mais novo.

15) EIR AOI – RYUSEI: OST da Eir Aoi para a nova temporada de “Sword Art Online”, que eu ainda não assisti, pois estou estupidamente relapso com animes esse ano. Será que, futuramente, se tornará tão emblemática quanto as outras dela para a franquia? Qualidade pra isso há.

16) WEDNESDAY CAMPANELLA – THE BAMBOO PRINCESS: A melhor inédita do “Galapagos”, mas recente álbum do Wednesday Campanella. Segue aquela leva de canções eletrônicas mais pausadas com refrães instrumentais que explodem, se diferenciando do resto por incluir vários elementos tradicionais/folclóricos orientais na back track. Halsey deve estar em casa chorando por não ter conseguido essa demo.

17) MAISON BOOK GIRL – RAINCOAT TO KUBI NO NAI TORI: Mais uma canção estranha para o repertório estranho do Maison Book Girl. É como se pegassem uma trilha de jogo medieval e remixassem para as pistas de dança. Talvez a minha favorita delas até então…?

18) SHINEE – I WANT YOU: Nada nas duas partes do LP do SHINee que saíram em Junho me empolgou tanto quanto as tracks da primeira no mês passado, mas “I Want You” faz as vezes de um lead single de maneira bem competente. Tudo bem bonitinho e derivativo da onda tropical. O refrão é excelente.

19) BLACKPINK – FOREVER YOUNG: Irônico que a melhor música do repertório do BLACKPINK tenha sobrado como b-side de apresentar em TV Shows enquanto a pior tenha sido escolhida como lead single. É impossível entender a YG. “Forever Young” é boa pra cacete, com elas cantando com uma passionalidade emocionante por cima de um instrumental super envolvente. A música mudar completamente no final é TÃO Teddy e ficaria tão legal num MV. Pena.

20) MOMOLAND – BAAM: Uma pena uma galera estar desprezando esse revival da era de prata do K-Pop (ali entre 2012 e 2013, com o T-ara fazendo a transição de aegyo retrô pra farofeiras) apenas por ser “o Momoland se repetindo”, pois estão perdendo um dos trecos mais divertidos que saíram no cenário nos últimos tempos. Aliais, o MV está espetacular, me lembrando aqueles cenários de Street Fighter em diferentes partes do mundo.

21) ADOY – WONDER: Como a lista começou com citypop 80s, terminarei ela da mesma maneira. Outra do EP do ADOY, só que mais melancólica, reflexiva. Me lembra Tame Impala.

E de junho foi isso aí. Sugiro que vocês escutem essas da lista e ouçam o que mais já está nela, visto ser, basicamente, um resumão do que eu mais estou escutando desse ano – disponível no Spotify, lógico. Ainda rolam várias outras em meu celular que não devem pintar na plataforma verde tão cedo.

Não sou de fazer rankings de meio de ano (trabalho demais para validade opinativa de menos), mas acredito que o Dougie, do Why, Dougie?, deve manter a tradição lá do blog dele e fazer um recap legal do que rolou nos últimos 6 meses. O Carlos Dalla Corte, do Delírios da Madrugada, tá com uma votação aberta para que a audiência dele elenque as mais legais do semestre, caso vocês queiram conferir.

De qualquer forma, digam aí quais as suas favoritas de junho e do primeiro semestre.

Até julho. \o

Anúncios

26 comentários em “PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de junho

  1. Ai vim sedento pra ver se tinha Circus da Tae nessa listinha.. But not today.
    Meu crush em você diminuiu um pouco depois dessa… hahahaha

    Eu incluiria DKDK das Fromis9 pq gostei daquela joça adocicada

    Curtir

      1. Pior que só agora que você falou que eu percebi que o título da música tá em japonês e não em coreano. Também estranhei ela lançar single logo depois do EP e o fato do logo da SM nem aparecer no canto do MV, pelo simples fato de ser pro Japão

        Curtir

  2. Essa música do chá de leite de tapioca é a definição perfeita de guilty pleasure… como é possível ser ao mesmo tempo tão ruim e tão bom?

    E revendo umas músicas do LOONA aí na lista, não posso deixar de questionar: o yyxy vai ficar sem repackage, mesmo? Já passou um mês desde o lançamento do EP delas, o concerto de debut das OT12 já foi anunciado pra primeira metade de agosto, e até agora NADA de teaser sobre um repackage nem nada…

    Curtir

      1. Julgando pela postagem nas redes sociais do grupo, acho que não vai ter repackage; elas ainda estão fazendo fanmeets do beauty&thebeat e divulgando love4eva em music shows…

        …e eu nem sei por que estou preocupado com isso, já que daqui a um mês e meio teremos debut das OT12, que é mais interessante que ter repackage de sub-unit.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s