Faky recicla “Bad Things” em inglês e entrega o clipe mais sensual de 2018 até então

Eu não tenho a mais remota ideia do porquê, depois de tanto tempo, a avex decidiu relançar o hino drag noventista Bad Things em inglês. Mas quem aqui está reclamando quando, por conta disso, temos o que, até então, é o videoclipe mais sensual de 2018?

de nada, 7 caras héteros e 14 lésbicas que acompanham o blog…

Da música, não tenho muito o que falar além do tanto de confetes que já joguei durante o ano passado inteiro (leiam aqui a review que fiz pro ótimo álbum à época). “Bad Things” ficou em SEGUNDO LUGAR no meu top 50 de 2017, sendo até hoje a minha faixa favorita do Faky e um dos jotapopes que mais tenho escutado desde o lançamento (sim, ainda ouço isso aqui todo santo dia). Tem algo “poc” maravilhoso nessa produção, me transportando imediatamente para algum clube ballroom  esfumaçado nos anos 90 sempre que dou play, com várias drags vogueando no palco, saltos riscando na pista e coisas do tipo.

Pra quem já acompanha o blog há um tempo, deve saber que esse é um template sonoro que muito me agrada e que sempre faço festa quando algum act solta número nessa linha. Alguns mais recentes que me vêm à cabeça enquanto escrevo esse parágrafo:

“Jump”, uma as melhores do último álbum do SHINee. Consigo imaginar os braços rodando pra lá e pra cá…

“Rosy”, com Olivia, GoWon e HeeJin dando de 10 no single principal lá bagunçado…

“Daydream”, com o rapaz do BTS soltando, basicamente, o que seria uma faixa da Azealia Banks, outra que frequentemente lança ótimos exemplares desses ballroom party sungs.

A grande novidade mesmo é o videoclipe, SENSUAL PARA CARALHO. Os takes com elas se esfregando no chão espelhado são puro deleite visual, hipnóticos. Por mim, inclusive, cortariam as rotinas de lança e todo o MV seria feito dessas iterações. É o tipo de coisa que eu nem imaginava funcionar tanto até ver em tela, tipo Rihanna brincando com dados ou Sunmi tomando milkshake. Parabéns aos envolvidos.

Huh, a versão em inglês de “Bad Things” sai no próximo dia 29. Lembrando que o Faky também já relançou CandySomeday We’ll Know. Se isso significa uma pretensão internacional, já que no Japão nem 1000 cópias de álbum elas conseguem vender? Sei lá. É a avex, né. Parei de tentar entender a maneira como eles operam anos atrás.

Anúncios

12 comentários em “Faky recicla “Bad Things” em inglês e entrega o clipe mais sensual de 2018 até então

  1. Nenhuma linha pra Mikako… será que o inglês dela é tão ruim assim? Problema de voz não é; ela pode ser a mais fraca do FAKY mas ainda tem alcance e afinação decentes.

    Sobre mirar no mercado ocidental, faz sentido considerando que a sonoridade delas é mais próxima do pop ocidental que do j-pop. Além de metade do grupo não ser nativa do Japão e ter o inglês como língua nativa (se não me engano, Anna é neozelandesa e Akina é estadunidense).

    Quanto à Lil’ Fang, que bom que ela teve bom senso suficiente pra cortar o mullet horroroso que ela tinha deixado crescer até pouco tempo atrás.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Aliás, FEMM é outro ato da avex que talvez tivesse mais chance de dar certo fora do Japão. O gimmick de manequins pode até ter um apelo no mercado nipônico, mas o tipo de música delas combina bem mais com o mercado ocidental (quer dizer, quando elas não fogem do EDM).

      Curtido por 1 pessoa

  2. Sei que eu devia escrever isso no artigo do LOONA e não no do FAKY, mas como esse aqui é o mais recente, acho que tem mais chance do meu comentário chegar a mais gente…

    Enfim, a BBC divulgou os detalhes do álbum (??) de estreia do LOONA:

    – o título dele será… “[+ +]”. Sério, podem olhar nas redes sociais se não acreditarem em mim.

    – até onde vi, a data de lançamento não foi informada, mas ele já está em pré-venda.

    – ele estará disponível em quatro versões diferentes

    – por fim, ele terá 6 faixas, sendo que “favOriTe” será uma delas.

    Quer dizer, na prática é um EP, não um álbum. Mas assim, desde que as outras faixas do [+ +] sejam tão boas como favOriTe, já tá ótimo; melhor ter poucas faixas mas todas serem excelentes do que ter mais de 10 músicas mas várias serem fillers esquecíveis, concordam?

    Curtir

      1. Nem, só os redatores do Tudocapope que viram os primeiros teasers individuais do debut e presumiram que era pra uma unit nova.

        Embora algumas integrantes já tenham apontado que possivelmente haverá mais units APÓS o debut oficial das OT12 (mas provavelmente serão units temporárias, igual à da ViVi, Choerry e Yves na regravação de The Carol – sim, a descrição do MV se refere a elas como uma unit chamada “ViRryVes”… -, enquanto as três já existentes seriam as units oficiais).

        Curtido por 1 pessoa

    1. Música muito boa, embora o primeiro single delas fosse melhor, na minha opinião. Mas também nem acho que os grupos tenham que se superar o tempo todo, desde que os trabalhos sejam consistentemente bons (e no caso do (G)I-DLE, eles estão sendo até o momento).

      Agora, do primeiro MV pra esse o aumento de orçamento é bastante perceptível, hein? E foi um dinheiro bem-gasto, porque tá lindo! Elas devem ter sofrido pra gravar com roupas pretas debaixo de sol forte, mas visualmente valeu a pena!

      Ainda torço pro LOONA ser o rookie do ano, mas olha, se não conseguirem, perder pro (G)I-DLE não é demérito nenhum; esse grupo tá ON FIAH!!

      Curtir

  3. Ah, eu fiz comentários sobre a distribuição de linhas, sobre o inglês, mas nem comentei o principal: sim, esse MV do FAKY é extremamente sexy! Concordo plenamente que talvez seja o clipe mais sensual do ano, e consegue essa façanha com as quatro moças estando vestidas (sim, com shortinhos curtos, mas não é como se elas estivessem de sutiã e calcinha), sem movimentos corporais impróprios, nem nada.

    A expressão “sexy sem ser vulgar” nunca se encaixou tão bem como nesse vídeo!

    (não que haja problema em ser vulgar; é só uma constatação de que isso não aconteceu nesse vídeo, mesmo)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s