GWSN debuta servindo Cosmic Girls na bandeja em “Puzzle Moon”

E aí que eu li esses dias uma notícia de que o Cosmic Girls finalmente faria seu comeback, mas sem as integrantes chinesas, pois duas delas estão ocupadas com o grupo do Produce 101 China (elas entraram? nem sabiam que estavam participando) e outra delas estaria ocupada com sei lá o que. Aí, ontem mais cedo, levei um susto quando vi a thumb de Puzzle Moon na página inicial do YouTube, pois não esperava que tal retorno das flopadas da StarShip fosse assim logo na cara.

No entanto, a surpresa foi ainda maior quando cliquei Exy-bias ou a mina que grita do I.O.I não estavam no clipe, já que, na verdade, esse era o debut de um grupo aí chamado GWSN

…e não um comeback do WJSN.

HEAUAHEUEAHUAEHUAEHUEAHUAHUEAHUEAHEAUHAEUEAHUA

Enfim, não vou fingir que realmente me importo com praticamente todos os ícones relativos ao Cosmic Girls estarem presentes aqui, indo desde o nome até o estilo visual ~misterioso~, pois meio que não dou a mínima (K-Pop, né…). Além do que, não é como se o grupo original realmente tivesse qualquer relevância no cenário a ponto de exigirem qualquer título de originalidade ou vanguardismo. Elas floparam, pois a empresa não geriu bem a ideia lá dos signos e não se esforçou para produzir singles fortes após chamarem uma leve atenção com o antológico vídeo de Secret (diferente das album tracks, que sempre são bem acima da média).

Voltando ao GWSN, o debut está muito bem feito, combinando um clipe interessante, de apelo visual e conceitual bacanas, com uma música que realmente se esforça para sair da zona de conforto desses grupos white aegyos pueris. É quase uma versão mais fofinha do que o F(x) fez em “4 Walls” (saudades, viu). Para mim, é um ótimo ponto de partida, me despertando vontade de acompanhar o que mais elas trarão daqui em diante. É para isso que debuts servem.

Aah, e o comeback desfalcado do Cosmic Girls é só no dia 19.

Anúncios

13 comentários em “GWSN debuta servindo Cosmic Girls na bandeja em “Puzzle Moon”

  1. Eu adorei esse debut…
    Realmente, isso foi o debut que Cosmic Girls deveria ter feito na época.

    A música é bem gostosinha de ouvir. O video muito bem feito, parece ter sido bem caro (principalmente pra um grupo who?). Me surpreendi bastante com esse grupo.
    A Amber sapatônica desse grupo serve pra que? Parece que não vi a gatinha cantar uma palavra, mas recebeu um monte de destaque no vídeo.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fui pesquisar sobre o grupo e parece que essa “Amber” é japonesa, então talvez ela ainda não domine tão bem o idioma pra cantar muito. Ou talvez ela só não cante bem mesmo e tá lá pra fazer carão (Posh Spice já mostrou que isso é muito importante num girlgroup).

      Aliás, além dessa menina ser japonesa, a que lembra a integrante do GFRIEND com dente encavalado é de Taiwan. Quer dizer, proporcionalmente esse grupo tem mais “representação multicultural” que as vencedoras do Project 48… (sério, teria sido tão melhor um grupo com 6 coreanas e 6 japonesas… ou ainda melhor, 4 coreanas, 4 japonesas, aí pegava 4 competidoras do PD101 China e BUM, grupo multicultural do milênio)

      Curtido por 1 pessoa

      1. A propósito, em termos de representação multicultural, o grupo do Project 48 vai ter três integrantes não coreanas, e descobri só esses dias que o G-IDLE também tem três representantes não coreanas: uma da China, uma de Taiwan e uma da Tailândia (acho que é a primeira vez que ouço falar de uma idol tailandesa no k-pop).

        Quer dizer, QUATRO países representados num mesmo grupo, e o mesmo número de integrantes de fora da Coreia que o do grupo do Project 48 – só que a formação do G-IDLE tem METADE do número de integrantes do IZ*ONE; quer dizer, a ideia de vender esse novo grupo em cima da “representação multicultural” não cola…

        (ou cola, né, vai saber)

        Curtir

  2. Quando você descreveu essa música como uma “4 Walls versão aegyo”, acertou na mosca! Muito gostosa de ouvir, e a “fofura” é dosada na medida certa (o que é raro nesse tipo de concept).

    Amei ver que o grupo até tem uma Amber visualmente falando; pra mim, TODO girlgroup teveria ter uma Amber (e uma Sulli). Só é uma pena que ela praticamente entra muda e sai calada. Mas tá linda, e é isso que importa.

    Obs.: Chuu, quero que você deixe seu cabelo na mesma tonalidade que o da ruiva desse grupo pro próximo comeback do LOONA. Obrigado, de nada.

    Curtido por 1 pessoa

  3. O álbum inteiro está no repeat aqui
    Foi uma boa surpresa ver a Seokyung aí nesse grupo. Ela era uma trainee individual lá no Produce 101 e inclusive ela participou da icónica Bang Bang e também estava na performance de Don’t Matter.
    Foi um house suave, fofo e bem feito.
    Se isso fosse do WJSN seria com certeza um dos destaques da discografia, porque né
    Puzzle Moon >>>>>>>>>>> MoMoMo, Catch Me, I Wish, Happy (praticamente todas as titles)

    O álbum não tá assim surpreendente, mas eu gostei principalmente de Shy Shy, Yolowa e Lullaby
    Let it grow é legal simplesmente pela parte do “go and go and gooooo”, que ficou na minha cabeça
    Melting Point nem lembro

    Concluindo esse foi um debut bem balanceado e vou ficar de olho no que elas vão trazer futuramente e também vou ver se alguém legenda esse reality delas

    Curtir

    1. Lullaby, pra mim, foi o destaque do álbum. Não sou muito fã de músicas lentas, mas o arranjo de violão é tão bom que não dá vontade de parar de escutar…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s