Soyou evoca tango em “All Night” (+ “Kemono Yuku Hosomichi”, da Sheena Ringo)

E aí que a Soyou segue viva dentro da Starship, tocando sua carreira solo que pouco me atrai atenção.

Para esse comeback, ela passou a mão numa produção dos hypados GroovyRoom, colaborando com um rapper qualquer aí numa faixa evocativa de tango, musicais e cabaré. Confiram a legalzinha All Night

Pra ser honesto, são poucas as coisas que consigo extrair dessa faixa além do que já contei no parágrafo anterior. Dá pra perceber que rolou um esforço em composição e produção para que o resultado final fugisse um pouco do mais do mesmo atual. O uso de instrumentos, as variações e experimentalismos permitidos dentro da métrica e a própria interpretação suspirada da Soyou contribuem para que uma atmosfera condizente com, vá lá, musicais cinematográficos ou remixes de sonoridades voltadas para dançar acompanhado (tango, salsa etc.), fosse construída.

Não chega a, de fato, ser uma canção dessa linha, mas sim um bom produto Pop aproveitando ícones de tal nicho. Funciona. Talvez colasse melhor com alguém cuja persona casasse mais com isso, tipo a IU, a Gain ou aquela rookie Minseo que também tá apostando nesse gimick retrô (aqui e aqui). Acho que, para esse tipo de número, falta um pouco de força na imagem da Soyou. De qualquer forma, esse sou eu catando problema onde não deveria, ignorem…

A propósito, mais ou menos nessa linha, a Sheena Ringo, patroa do J-Pop, lançou essa ótima Kemono Yuku Hosomichi, junto com um velho roqueiro que eu nunca ouvi falar, servindo de tema para o Bom Dia Brasil lá do Japão. (?)

Os seis não tão preguiçosos que clicarem perceberão que, diferente de “All Night”, a faixa da Sheena vai um tico mais a fundo nas referências escolhidas (também tem tango, também tem salsa, junto com jazz e bossa e outras). Há um peso maior, mais dramaticidade, com ela e o tiozinho exagerando propositalmente em suas interpretações, o que só alimenta o pacote final, resultando em algo excelente.

Não que Sheenão tenha se saído melhor que a Soyou. Acho que miraram resultados diferentes e acertaram corretamente neles, com uma mais diluída, popzinha, e outra mais visceral. Cabe ao ouvinte escolher a que vale mais o tempo que dedicará – eu prefiro a segunda.

Anúncios

Um comentário em “Soyou evoca tango em “All Night” (+ “Kemono Yuku Hosomichi”, da Sheena Ringo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s