(G)I-DLE está de volta com “Hann”

debut (G)I-DLE é um daqueles casos (raros) onde um conjunto de fatores contribui para que um trabalho seja bem sucedido dentro do que se propõe. A Cube montou um line up ótimo com integrantes lindas e competentes dentro de suas delimitações, algumas até já famosas, lhes deu os ícones visuais necessários para se destacarem dentro da mesmice atual (girlcrush em 2018? shooky), um repertorio de partida bacana e, BOOM, conseguiram chamar atenção dentro e fora da Coreia do Sul.

LATATA é um single divertidíssimo, que acerta em cheio ao não se levar tanto a sério, I am é um mini gostoso de ouvir, redondinho, quase sem fillers. Restava agora um primeiro comeback no mesmo nível para fechar esse ciclo inicial com chave de ouro.

Dito isso, confiram Hann

Continue lendo “(G)I-DLE está de volta com “Hann””

Anúncios

Faky recicla “Bad Things” em inglês e entrega o clipe mais sensual de 2018 até então

Eu não tenho a mais remota ideia do porquê, depois de tanto tempo, a avex decidiu relançar o hino drag noventista Bad Things em inglês. Mas quem aqui está reclamando quando, por conta disso, temos o que, até então, é o videoclipe mais sensual de 2018?

de nada, 7 caras héteros e 14 lésbicas que acompanham o blog…

Continue lendo “Faky recicla “Bad Things” em inglês e entrega o clipe mais sensual de 2018 até então”

Com “Power Up”, Red Velvet volta com ainda outro bop espevitado do lado red

A minha relação com o Red Velvet é meio curiosa. É bem frequente eu não curtir de cara o que elas lançam como lead single, mas acabar me deixando levar tempos depois, redescobrindo gemas em seu repertório quando menos espero. Foi assim com “One Of These Nights”, “Russian Roulette”, “Rookie” (pois é), “Red Flavor”, “#Cookie Jar”, acho que até com “Peek-A-Boo”, que hoje eu colocaria num top 10 de 2017, mesmo tendo ignorado-a na lista original.

Nem sei o porquê disso. Talvez uma autossabotagem, querendo ser crítico demais com o grupo apenas por ser da SM? Vai entender. A real é que o quinteto é um dos melhores exemplares do K-Pop na atualidade, tendo não só um bom leque de titles como um sem número de album tracks a seu favor.

Dito isso, Power Up é ainda outra maravilha vinda delas…

Continue lendo “Com “Power Up”, Red Velvet volta com ainda outro bop espevitado do lado red”

Finalmente, Loona se junta em “favOriTe”

Há quase 2 anos, a BBC (não a emissora) vem realizando uma das maiores e mais audaciosas campanhas de pré-debut já boladas para um girlgroup em todos os tempos, com solos para cada integrante, várias units mesmo antes da formação completa, uma série de canções ótimas e leves derrapadas aqui e ali. Nisso, o Loona se tornou um dos acts mais interessantes a serem acompanhados no K-Pop atual, com uma considerável quantidade de fãs comprando o enredo construído e alimentando o hype para sua, já às portas, estreia.

E enquanto o início oficial, com álbum, promoções em programas de TV e todos os tramites do gênero não rola, ao menos, já temos um gostinho do que nos espera com o pré-release favOriTe:

Continue lendo “Finalmente, Loona se junta em “favOriTe””

PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de julho

Volteeeei! :v

Sei que tem muita pauta aí pra cobrir, trecos do Loona, do Red Velvet. Porém, antes de tudo, preciso fechar o ciclo do mês passado com as atualizações da playlist aqui do blog. E nem prenderei vocês em introduções demoradas, pois há muito o que comentar.

Abaixo, confiram o player no Spotify e meus pitacos sobre as VINTE E CINCO novas “aquisições”:

Continue lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de julho”