Os 10 melhores animes que assisti de 2017 (+ uns troços de outros anos)

Antes de tudo, vale ressaltar que 2017, em especial, foi um ano que considerei como fraco para produções animadas japas num geral. Puxando de cabeça aqui, devo ter acompanhado um pouco mais que trinta desenhos das últimas temporadas. Outros eu até comecei a assistir, mas desgarrei logo no começo, outros ainda eu sequer consegui desenvolver qualquer interesse em passar da sinopse.

Rolaram uns trecos bem qualquer coisa que as pessoas resolveram exaltar por sabe-se lá qual motivo, tipo aquele SukaSuka genérico pra caralho. Tiveram também uns trecos horrorosos sendo bizarramente aclamados, como aquele anime do cara que entra no corpo de uma menininha numa guerra e o doentio Eromanga Sensei, defendido como “normal” por redatores de sites grandes, mesmo sendo sobre um pedófilo querendo comer a irmãzinha dele.

Acho que, dos que tomaram grandes proporções com o púbico, o único que deixei passar foi “Re:Creators”. Por comentários de amigos, é bem provável que eu o adorasse e ele entrasse na lista, mas não deu pra assistir. Ano de TCC, não rolou muito tempo livre. Tanto que quase nem li mangás nesses meses.

Enfim, sem ordem de preferência, aqui vão os meus 10 animes favoritos de 2017 + uns trecos de anos anteriores que só consegui ter contato agora…

Anúncios

TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2017 (10ª até 01ª)

Anteriormente, tivemos vários hinos morrendo cruelmente na praia, incluindo “Kiss Later”, da pirralha, que despertou uma reação assassina massiva do público para com a minha pessoa. Esses sentimentos homicidas continuarão com a revelação do corte final a seguir? Vamos descobrir.

A Coreia do Sul nos propiciou uma boa quantidade de músicas ótimas nos últimos 12 meses. Algumas me viciaram durante um bom tempo, mas perderam força, outras surgiram fracas, mas foram crescendo ouvida a ouvida. Tiveram também as que nasceram como hino e morrerão comigo gritando que são hinos.

Das melhores entre as melhores, 40 já rodaram. Hora das 10 mais do K-Pop em 2017…

TOP 50 | As melhores faixas do J-Pop em 2017 (10ª até 01ª)

2017 já está de malas prontas para partir. Dito isso, hora de encerrar alguns dos trabalhos aqui do blog por esse ano, começando com a revelação das 10 melhores faixas do J-Pop.

O Japão, musicalmente, dormiu bastante nos últimos 12 meses. Poucos foram os releases realmente impressionantes e que ficarão para a memória, lembrados futuramente como clássicos dessa década. No entanto, os destaques positivos foram realmente positivos e, de certa forma, fizeram desse meu 2017 excessivamente trabalhoso (tcc e outras coisas que implicam no fim de curso na faculdade) um tanto mais divertido quando presentes.

TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2017 (25ª até 11ª)

Metade das músicas já foram, é hora daquela parte em tops de melhores do ano da blogosfera fundo de quintal onde aparecem as pérolas, os hinos, as fadas de cristal que são emblemáticas, quase clássicos contemporâneos, mas que, por pura subjetividade, acabaram não ficando entre as 10 mais.

De qualquer forma, considerem que, do 14 pra cima, em algum momento, todas já foram #1 de 2017. Então, ter ou não entrado no top 10 é pura bobagem minha.

TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2017 (37ª até 26ª)

Anteriormente nesse treco: Twice morreu em último lugar com uma música que quase ninguém esperava, iKON despertou o choque a audiência por aparecer na lista e a cota de k-véias foi saturada com Lee Hyori e BoA vendo seus melhores lançamentos sendo cortados já na primeira parte.

Dessa vez, vamos com mais 12 músicas, fechando a primeira metade desse ranking. Quem irá morrer na praia antes do top 25? Descubram agora…

Continue lendo “TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2017 (37ª até 26ª)”