TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)

Com 30 músicas já cortadas, é hora de o top 10 com as maiores, melhores, mais lindas, sensuais, grudentas e deliciosas faixas lançadas no K-Pop em 2016 ser revelado – pela segunda vez, visto isso ser um re-post, atualizando para o layout do WordPress. Finalmente, nenhum buraco restará na aba de “melhores do ano” aqui do blogzinho, aquietando meu TOC de uma vez por todas.

Honestamente, vejo 2016 como um dos piores anos dessa década para o K-Pop. Boa parte das músicas que eu lembro ter curtido na época acabaram não sobrevivendo em minhas playlists conforme o tempo passou. Em contrapartida, é válido citar também que uma porção de canções que eu tinha deixado de lado num primeiro momento foram crescendo bastante (2/3 do pódio são de trecos que nem entraram na lista original). Então, huh, os destaques foram realmente destaques, embora não tantos quanto 2015 ou 2017.

Quem irá se juntar a “The Boys”, “Sexy Love”, “Wild”, “Red Light”, “Crazy” e “Eclipse” no meu panteão particular de capopes? Vamos descobrir…

Continue lendo “TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)”

Anúncios

TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (40ª até 26ª)

Como prometido, começamos aqui a lista relembrando os melhores lançamentos do K-Pop de 2 anos atrás. A ideia original era que os tops de 2016 reajustados pós-limbo da transferência de plataformas rolassem só no ano que vem. No entanto, NÃO VAI TER ANO QUE VEM pra esse blog, então não faz sentido adiar mais e deixar a barra de “melhores do ano” com um buraco entre 2015 e 2017, né? Pois é.

Mas, ó, já adianto uma coisa aqui: 2016, pro capope, em especial, não foi lá essas coisas não. Tanto que, diferente da lista com os jotapopes, nem consegui reunir 50 músicas que, DE FATO, fossem ótimas, maravilhosas, 10/10. E como não queria preencher as posições restantes com fillers bacaninhas nota 7, preferi reduzir as colocações, fazendo desse um top 40 e 3 partes. Nem sei explicar o porquê, mas as músicas sul-coreanas desse período envelheceram meio mal comigo, são poucas as que realmente ainda escuto com a mesma empolgação.

Pra quem acompanhava o blog naquela época, não estranhem a ausência de vários trecos que eu rankeei bem alto. Pra vocês terem uma ideia, uma 3 ou 4 musicas do top 10 original nem aparecerão mais, tamanha a mudança na minha opinião. Pros novatos, é aquilo: número de vendas, sucesso, relevância ou impacto cultural não importam. Isso e um blog pessoal, minha opinião é a que vale. :v

Preâmbulos tirados da frente, vamos ao que interessa…

Continue lendo “TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (40ª até 26ª)”

PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de março (+ trecos de fevereiro e janeiro)

E aí que eu resolvi voltar para aquilo de blogueirinho que faz playlist com os destaques do mês. No entanto, como em 2018 estou prezando pela lei do esforço mínimo, em vez de fazer aquele paczão no Mix Cloud, com a possibilidade de incluir vários dos jams japoneses que não se encontram legalmente por aí, irei pelo meio mais fácil – e  lamentavelmente mais limitado: Spotify.

Então, criei aqui uma playlist nomeada “Asian Pop 2018”, onde mensalmente incluirei os destaques que pintarem na cena e estiverem disponíveis por lá. Atualmente, ela está com QUARENTA E NOVE faixas. Então, de mês em mês, irei atualizando e dando os updates comentados aqui no blog. Começando por agora, com as 23 melhores de março + uns comentários gerais das que entraram de fevereiro e janeiro.

Aah, vale avisar que a lista está dividida apenas por mês e de um modo que a tracklist desça redonda, com canções parecidas seguidas de outras canções parecidas em clima e por aí vai. Isso não é um ranking de melhores do ano. Conforme forem rolando as atualizações mensais, as novas faixas entram na frente das antigas.

Uou, que introdução enorme. Sem mais enrolações, confiram aí o player, os comentários faixa a faixa das de março e os comentários gerais de fevereiro e janeiro…

Continue lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de março (+ trecos de fevereiro e janeiro)”

ALBUM REVIEW | Heize – Wish & Wind (2018)

Rainha das cafeterias, rainha das midtempos reflexivas e princesinha das plásticas (pois nesse quesito, rainha mesmo só a Park Bom), Heize está de volta ao jogo, alimentando a minha necessidade por números pedantes alternativos que quase ninguém se importa.

Comentários sobre alguns dos MVs já feitos, hora de falar sobre o EP. Confiram meus pitacos sobre o Wish & Wind

Continue lendo “ALBUM REVIEW | Heize – Wish & Wind (2018)”

Heize vira uma androide autodepreciativa na agridoce “Sorry”

album review do “Wish & Wind” já tá pronto aqui, mas aí a Heize resolveu lançar um MV cult onde ela vira uma robô creepy satânica assustadora, criticando a sociedade coreana, a idolatria por artistas, chocando Janelle Monáe, Red Velvet, FEMM, ViVi Queixola, Taeyeon, Bruna Marquezine na novela das sete, você e eu.

Confiram Sorry

Continue lendo “Heize vira uma androide autodepreciativa na agridoce “Sorry””