TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2018 (37ª até 26ª)

Na parte anterior, vários bops foram cortados logo de cara, com a b-side de Olivia Hye chocando ao rodar em último lugar, com ainda outras duas faixas do Loona ocupando posições. O quão mais o grupo irá aparecer nessa lista? Uou.

Dessa vez, vamos com mais 12 músicas, fechando a primeira metade desse ranking. Acidentalmente, 8 destas, em diferentes momentos desse ano, figuraram como prováveis integrantes do que viria a ser o top 10 de 2018, mas perderam fôlego com o passar dos meses. Quem irá morrer na praia antes do top 25? Descubram agora…

Continue lendo “TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2018 (37ª até 26ª)”

Anúncios

TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2018 (50ª até 38ª)

Passado o ranking com os melhores do J-Pop, enfim chegamos ao top final desse blog.

2018 foi um bom ano muito legal para o K-Pop. Imaginei que, por conta das várias baixas ocorridas anteriormente, a cena não se sustentaria corretamente. Felizmente, os novos nomes surgidos têm investido em trabalhos relativamente ótimos, que justificam o interesse em tal nicho, ainda que desprovido de qualquer nostalgia. Foram vários os bops que, em diferentes momentos, fizeram a minha cabeça. Uns mais do que outros, claro. Reuni aqui os 50 melhores, mais empolgantes, divertidos, sensuais e destruidores entre eles, divididos em 4 partes, que vão ao ar agora, amanhã, depois de amanhã e depois de depois de amanhã.

Vocês já sabem, mas não custa reforçar: as listas aqui do blog são extremamente arbitrárias, considerando, única e exclusivamente, a minha opinião. Nada de charts, nada de relevância cultural. Só a pura e simples subjetividade deste que vos escreve.

Pois bem. Cruzem aí os dedos para que suas favoritas apareçam bem alto, se zanguem com elas morrendo logo nesse primeiro corte e, claro, vão comentando também quais os eventuais hinos que baterão ponto entre as 10 mais. Sem mais delongas…

Continue lendo “TOP 50 | As melhores faixas do K-Pop em 2018 (50ª até 38ª)”

TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)

Com 30 músicas já cortadas, é hora de o top 10 com as maiores, melhores, mais lindas, sensuais, grudentas e deliciosas faixas lançadas no K-Pop em 2016 ser revelado – pela segunda vez, visto isso ser um re-post, atualizando para o layout do WordPress. Finalmente, nenhum buraco restará na aba de “melhores do ano” aqui do blogzinho, aquietando meu TOC de uma vez por todas.

Honestamente, vejo 2016 como um dos piores anos dessa década para o K-Pop. Boa parte das músicas que eu lembro ter curtido na época acabaram não sobrevivendo em minhas playlists conforme o tempo passou. Em contrapartida, é válido citar também que uma porção de canções que eu tinha deixado de lado num primeiro momento foram crescendo bastante (2/3 do pódio são de trecos que nem entraram na lista original). Então, huh, os destaques foram realmente destaques, embora não tantos quanto 2015 ou 2017.

Quem irá se juntar a “The Boys”, “Sexy Love”, “Wild”, “Red Light”, “Crazy” e “Eclipse” no meu panteão particular de capopes? Vamos descobrir…

Continue lendo “TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)”

PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de setembro

E lá se foi o mês de setembro. Sei que rola uma moda de internet sobre agosto ser interminável e pá, mas setembro, uou, me pareceu ter o dobro da duração de um mês normal. Só eu senti isso? Só? Vish… #SillyTalk

Enfim… Vamos aos destaques dos últimos trinta dias. Foram vários os bops vindos de diferentes artistas, com uma porção de album tracks se sobressaindo a singles mortos peneira. Nesse bolo, vários candidatos ao top 50 de ambos os fronts, japa e coreano, rolaram. Conseguem adivinhar quais?

Confiram abaixo a playlist no Spotify e meus comentários faixa a faixa que levaram a manhã inteira de sábado para ficarem prontos…

Continue lendo “PLAYLIST | Asian Pop 2018: Update de setembro”

Oh My Girl tá de volta com “Remember Me”

O ano do Oh My Girl está bem movimentado. Rolou comeback sonífero em janeiro, rolou unit confusa, mas assertiva no “não é ruim significando ruim, mas ruim significando bom”, com elas sedentas por leite de banana, rolou debut japa das bananudas mesmo antes do grupo “completo” (embora o Oh My Girl BANHANA seja com o grupo completo, mas separado nas faixas… Sério, que confuso!) apenas porque sim.

E agora, nesse mais outro retorno, para qual lado OMGs atirarão: o white aegyo esquecível ou o joke aegyo divertido? Por incrível que pareça, nenhum dos dois. Confiram Remember Me

Continue lendo “Oh My Girl tá de volta com “Remember Me””