Os piores capopes de 2018: estrelando BLACKPINK, IU, BTS, iKON, Twice, EXO, Gowon e grande elenco

Bom… Acho que o título é autoexplicativo, não?

Continue lendo “Os piores capopes de 2018: estrelando BLACKPINK, IU, BTS, iKON, Twice, EXO, Gowon e grande elenco”

Anúncios

As melhores músicas de 2017… em 2018

,É bastante comum nisso de montar listas de melhores do ano, por sei lá quais motivos, algumas canções selecionadas que, à época, foram bem fortes aos ouvidos, um tempo depois, acaberem se tornando quase indiferentes. Nessa mesma proporção, também é comum que faixas que ignoramos em suas épocas de promoção acabem crescendo no dia a dia, ocupando as posições daquelas de outrora que foram esquecidas.

Pensando nisso, resolvi montar essa lista, que reúne alguns dos melhores asian bops do ano passado, mas que eu só fui me viciar DE VERDADE em 2018. Vamos lá…

Continue lendo “As melhores músicas de 2017… em 2018”

TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)

Com 30 músicas já cortadas, é hora de o top 10 com as maiores, melhores, mais lindas, sensuais, grudentas e deliciosas faixas lançadas no K-Pop em 2016 ser revelado – pela segunda vez, visto isso ser um re-post, atualizando para o layout do WordPress. Finalmente, nenhum buraco restará na aba de “melhores do ano” aqui do blogzinho, aquietando meu TOC de uma vez por todas.

Honestamente, vejo 2016 como um dos piores anos dessa década para o K-Pop. Boa parte das músicas que eu lembro ter curtido na época acabaram não sobrevivendo em minhas playlists conforme o tempo passou. Em contrapartida, é válido citar também que uma porção de canções que eu tinha deixado de lado num primeiro momento foram crescendo bastante (2/3 do pódio são de trecos que nem entraram na lista original). Então, huh, os destaques foram realmente destaques, embora não tantos quanto 2015 ou 2017.

Quem irá se juntar a “The Boys”, “Sexy Love”, “Wild”, “Red Light”, “Crazy” e “Eclipse” no meu panteão particular de capopes? Vamos descobrir…

Continue lendo “TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (10ª até 01ª)”

TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (25ª até 11ª)

E lá vamos nós com a segunda parte do top com as melhores faixas do K-Pop em 2016 – versão atualizada para a diagramação do WordPress + adaptações para o meu apuradíssimo gosto musical em 2018 (hahaha).

Para agora, aquele clichê de rankings na blogosfera fundo de quintal: todas canções incríveis, maravilhosas, mudadoras de vida, verdadeiras pérolas, mas que, por pura subjetividade desse que vos escreve, acabaram não figurando entre as 10 mais.

Quais hinos morrerão nesse corte final? Será que incluí “Someone Like U”, vulgo capope favorito da blogosfera fundo de quintal 2 anos atrás? E o quão alto eu consegui colocar uma música vergonha alheia do Twice apenas pelo choque? Sem mais enrolações, vamos descobrir…

Continue lendo “TOP 40 | As melhores faixas do K-Pop em 2016 (25ª até 11ª)”

Em “YES or YES”, Twice segue como um dos grupos mais chatos da atualidade

Twice atingiu um nível de fama tão grande, com tanto poder dentro da Coreia do Sul, do Japão, de outros lugares da Ásia e com uma fanbase tão grande e invocada no ocidente que, seja lá qual for a aposta musical delas, já é certo o sucesso à vista. Infelizmente, em vez da JYP Entertainment ter aproveitado essa onda para investirem em canções destruidoras de almas dentro das limitações bubblegum pop aegyo às quais o grupo se impôs visual e sonoramente (“TT”, “Likey”, “Ooh-Ahh”, “Knock Knock”, todas excelentes), o que vimos ao longo desse ano foram releases e mais releases sem qualquer paixão, tempero ou sopros de vida para que funcionassem como, huh, MÚSICAS no ouvido.

No K-Pop e J-Pop, todas as faixas delas de “Heart Shaker” para cá foram o puro suco da má vontade sonora. Quando não se afundaram nos exageros infantiloides irritantes (“What is Love?”, tudo do repertório japonês), foram genéricas ao extremo (aquele single de verão que esqueci o nome). Em vídeo, sempre mandaram bem. Mas de que adianta conceito sem músicas que realmente valham a pena no fim do dia?

Então, não me é nem um pouco surpreendente dar play no MV de YES or YES e quase não conseguir chegar até o final, tão chata que a faixa é…

Continue lendo “Em “YES or YES”, Twice segue como um dos grupos mais chatos da atualidade”